Sobre Decoração

Carpas para lagos artificiais

Carpas para lagos artificiais - Beleza
Escrito por Alexandre Souza

Da mesma forma que as plantas, os peixes também são essenciais para o equilíbrio e a vida saudável do seu lago. Neste artigo, vamos falar um pouco das carpas para lagos artificiais, afinal elas normalmente são a primeira opção dos proprietários.

Alaranjadas, vermelhas, brancas ou amarelas, as carpas são lindas de se ver, mas também muito importantes para os lagos.

Por que elas são tão populares? Um dos motivos é porque são peixes que resistem bem às baixas temperaturas, o que é importante já que o aquecimento da água em lagos artificiais não é algo comum.

Carpas nishikigoi: ideal para lagos ornamentais

O termo carpa não se refere a apenas uma espécie, mas a um conjunto de espécies, que apresentam aparência e comportamentos bem diferentes umas das outras.

A mais usada nos lagos ornamentais é a carpa nishikigoi, de origem japonesa e europeia. Sua escolha se dá não apenas pelas cores vibrantes, mas também por sua capacidade de se adaptar a qualquer ambiente.

E quando falamos em adaptação não é exagero: esses peixes conseguem suportar uma amplitude térmica de 3 a 40 graus, apresentam maior resistência à amônia e à alta salinidade. Além disso, tem o temperamento dócil, não são territorialistas e convivem bem com outros peixes introduzidos no lago.

Cuidados com carpas para lagos artificiais

Se você quer ter um lago com muitas carpas, é importante ter alguns cuidados. O primeiro deles é a profundidade do lago. Ele precisa ter dimensões que comportem a quantidade de carpas que você deseja colocar. Aqui a regra é: quanto mais fundo, melhor, de 50 a 150 cm.

Um lago muito cheio pode prejudicar os próprios peixes, que vão acabar com o oxigênio liberado pelas plantas aquáticas, comprometendo todo o sistema de filtragem, que não conseguirá manter o lago limpo.

Aliás, falando em plantas aquáticas, observe também se no lago há quantidade suficiente delas para que providenciem ar e sombra para os peixes.

Eles viverão bem melhor nessas condições. Além disso, atenção ao pH, que deve ser mais para alcalino (saiba mais em nosso artigo sobre parâmetros da água), ficando entre 7,2 e 7,8.

Outro cuidado é com a alimentação. As carpas são alimentadas com rações de superfície e podem até comer caramujos, larvas de insetos e minhocas, já que são uma espécie onívora.

Se no inverno elas são menos ativas e uma refeição por dia é suficiente, no verão elas estão bem mais agitadas e devem se alimentar pelo menos duas vezes ao dia.

Uma dica importante: vá a lojas especializadas para escolher as espécies de carpa e sempre analise bem antes de fechar o pedido. É essencial verificar se os peixes estão com boa saúde e se não possuem feridas.

Uma vez que foram tomados todos os cuidados com as suas carpas, é importante garantir uma vida saudável, não apenas das carpas para lagos artificiais, como de todo o ecossistema. Cuide de todos equipamentos, especialmente do sistema de filtragem: mantenha o filtro para lagos limpo e a água sempre em circulação. Assim suas carpas viverão bem e você poderá aproveitar desse ambiente relaxante.